Diário da Depressão #003 – Quando o fim

morte

Não tenho como descrever o que sinto. Não tenho muitas pessoas com quem falar do que é. A depressão é uma doença que te mina aos poucos. Te faz acreditar que você tem o domínio. Que você consegue antever os sintomas e se previnir. Balela! Nesse momento estou tentando fazer o que mais gosto, preparar minhas aulas, e olho pro powerpoint enquanto ele fala pra mim: “você não consegue”. Não quero pedir ajuda, pois isso pode me prejudicar enquanto profissional reconhecido que sou. Peço ajuda velada, fingindo certa limitação causada pelo cansaço. Saio com amigos para ouvir falar de suas dores, a fim de me deliciar com o seu sofrer e pensar, por um instante, que não estou tão na merda. Em vão! Quando volto pro travesseiro ele é duro como o viver. Gelado como o vento da morte. Por mais capaz que você se sinta, uma hora ela chega e te derruba de verdade. A cada tombo, fica cada vez mais difícil de levantar. A cada tombo, cresce o apego pelo chão. Pelo fundo do poço. Eu queria estar trabalhando, eu queria estar amando, eu queria ser um filho melhor…eu queria apenas deitar na minha cama e apodrecer sem que ninguém me visse desaparecer.

Anúncios

Diário da Depressão 002 – Barco a Velas

sailing-boat-444266_960_720

Assumir a depressão não é como assumir uma gripe. Gripe é comum, conhecida e física. Doenças da mente e da alma tendem a nos referenciar como frágeis no universo popular, que tange a ignorância. Eu tenho medo de errar. Medo de amanhã não me sustentar. De não corresponder as expectativas que eu mesmo crio. Continue lendo “Diário da Depressão 002 – Barco a Velas”

Diário da Depressão 001 – O Sorriso do Coringa

piada-mortal

O mais assustador da depressão é que é uma doença com a qual você lida sozinho. As pessoas a sua volta não estão preparadas para lidar com isso. Elas estão com você por um momento. Falam aquelas palavras robotizadas. Às vezes, as mais solidárias, te dão até um abraço. As pessoas que você mais ama as vezes vão tratar isso como algo passageiro. Como algo que só precisa ter força de vontade. E elas vão te decepcionar não estando do seu lado quando você precisar. Mas, de maneira geral, isso não é culpa delas. Quem tem depressão já não entende a doença. Quem não tem, muito menos. Esteja preparado para se decepcionar e aprenda que isso é normal. Continue lendo “Diário da Depressão 001 – O Sorriso do Coringa”

A Maldição do Pick Azul (Judge, Jury & Executioner)

clinica-delphos-hipnose-ansiedade-tratamento-destaque-710x434

A internet, as redes sociais, os mensageiros imediatos deixaram ainda maior um monstro que se anunciava como o mal do século no início do século XX. A era da escravidão voltou. Não importa mais a cor da sua pele. Não importa mais onde você nasceu. Não importa suas posses. Você já não tem posse de si mesmo se você já se entregou ao monstro. O monstro da ansiedade. A vida dos anseios por respostas imediatas. Continue lendo “A Maldição do Pick Azul (Judge, Jury & Executioner)”